Anatomia - optica2

Go to content

Main menu:

Anatomia

Ouvido

O Ouvido externo é composto pelo pavilhão auricular (1) e pelo canal auditivo (2). Quando as ondas de som atingem os nossos ouvidos, entram pelos buracos a meio das orelhas (canal auditivo), o qual tem no fundo um pedaço de pele, o tímpano (3). Este agita-se, ou vibra, quando as ondas o atingem.

No interior do Ouvido médio está o tímpano (3) e um conjunto de ossículos (4) denominados -martelo, estribo e bigorna, que amplificam e intensificam o som que através do estribo entra na cóclea (5), esta está cheia de líquido, tem forma de caracol e o tamanho de um cubo de açúcar.

Os ossículos dos ouvidos vibram e transmitem os seus movimentos a outro órgão, a que chamamos cóclea (5), situada no Ouvido interno. No interior, acompanhando essa espiral, está uma camada incrivelmente delicada de milhares de células microscópicas que possuem pêlos ainda menores.

As vibrações passam ao líquido e este faz com que os pêlos também vibrem, o que faz com que as respectivas células enviem sinais nervosos para o cérebro (6).

Por incrível que pareça, existe muito mais para dizer sobre o ouvido do que sobre o olho, pois apenas parte do ouvido é visível, aquilo a que normalmente chamamos de orelha, ou seja, o pavilhão auricular, o que simplesmente é uma parte do ouvido externo.

 
 
Back to content | Back to main menu